Anatomia de um Perfume | The Clone

Anatomia de um Perfume

Publicado: 07/03/2019

Como é elaborado esse líquido capaz de suscitar fortes emoções, de trazer à tona diversos sentimentos? 


*Trecho retirado do livro Guia de Perfumes 2018, da perfumista Renata Ashcar


Para simplificar, vamos comparar o perfume à musica. Inclusive, alguma palavras do universo musical, como harmonia, nota e acorde, são amplamente usadas na perfumaria. Pois bem, a difusão dos odores que forma uma fragrância acontece como em uma sinfonia, em que cada instrumento entra em um momento específico da música, construindo acorde e enriquecendo a melodia. A combinação de diferentes sons complementares termina na criação de um ritmo harmônico.

O mesmo acontece ao sentirmos o cheiro de um perfume. Quando a fragrância chega ao nosso nariz, percebemos os vários odores que a constroem. São as chamadas notas. A mistura delas é denominada acorde ou harmonia. Assim como na música, as notas começam serenas e vão se intensificando com o passar do tempo até atingirem o ápice do perfume. Esse processo de transição é conhecido por pirâmide olfativa, sendo composto por três momentos: notas de saída, notas de coração e notas de fundo.


NOTAS DE SAÍDA OU DE CABEÇA

Elas estão no topo, ou seja, são as primeiras notas que sentimos ao cheirar um perfume e representam cerca de 10 a 20% da composição. Também são leves e percebidas de imediato. Como transmitem a impressão inicial, são escolhidas para despertar o interesse. Seus ingredientes são ligeiro e voláteis, ou seja, evaporam rapidamente. Também revelam frescor, com odores cítricos, aromáticos ou de lavanda.


NOTAS DE CORPO OU DE CORAÇÃO

Elas representam cerca de 40% da formulação e dão caráter à fragrância. São as responsáveis por compor a alma, a personalidade do perfume, e expressam sua inspiração principal. Fazem-se sentir assim que o líquido desaparece da superfície da pele e, por serem menos voláteis do que as de saída, evaporam devagar. Entre os ingredientes, encontramos flores, folhas e especiarias.


NOTAS DE FUNDO OU BASE

Dominam entre 40% a 50% do perfume. Estão presentes nas matérias primas de peso molecular alto. Ao contrário do que se pensa, são elas que garantem durabilidade à fragrância e não um agente fixador. Pouco voláteis, esses ingredientes evaporam lentamente e fazem parte do último acorde a ser percebido, aquele que permanece por mais tempo na pele. Trata-se de notas densas extraídas de resinas, de madeiras e de novas moléculas desenvolvidas pelas indústrias de fragrâncias, além das sintéticas que substituíram as de animais.


Fonte: Guia de Perfumes 2018 - Autora: Renata Ashcar

Voltar

Pay with

Trust Stamps

  • Change language:

CNPJ: 03.700.672/0001-06
Razão Social: The Clone & Co. Comércio e Serviços Digitais Ltda.
Endereço: Rua Ribeiro do Vale, 152, Cj. 43 Entrada pela Rua Pitu, 72, Condomínio Veranda LofTof - Brooklin Paulista, São Paulo - São Paulo

All rights reserved.

© 2019 The Clone All rights reserved.